segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

MÚSICAS DE NATAL: Elvis Presley - Blue Christmas

Todos os dias tenho postado uma música de Natal e hoje, como segunda-feira é um dia complicado para todos nós, achei que o melhor era publicar uma de uma grande cantor, o Rei como é conhecido. Elvis gravou o tema em 1957 e lançou Blue Christmas em 1964. Foi escrita por Billy Hays e Jay Johnson e a sua primeira gravação foi feita em 1948.
 
O espiríto de Natal vem desde há muito e ainda hoje continua, por isso estas músicas nunca são velhas, são intemporais.

domingo, 16 de dezembro de 2012

CONCERTOS: Muse 2013

A banda originária do Reino Unido regressa a Portugal em meados do próximo ano. Desta vez só o Norte do país vai ser contemplada com a visita dos Muse a terras lusas.

Data: 10 de Junho de 2013
Local: Estádio do Dragão no Porto
Preços: Entre 56 e 90€


MÚSICAS DE NATAL: Queen - Thank God it's Christmas

Quão ansiosos andavam pela chegada do Natal? Não temos de esperar mais, já estamos em plena época natalícia. Thank God it's Christmas é uma música de 1987 da banda inglesa Queen e foi escrita pelo guitarrista, Brian May, e pelo baterista, Roger Taylor.


sábado, 15 de dezembro de 2012

LISTAS: 11 - Covers

É preciso uma grande capacidade criativa para escrever música... E para a interpretar? É isso o que a nova lista de músicas do Post it! Music mostra. Ouça aqui alguns dos covers que escolhi.

Ouvir

É engraçado como alguns deles ficaram famosos por estas versões e não pelas originais, como é o caso de "Make You feel My Love" na voz da Adele ou "Valerie" na voz de Amy Winehouse. Também nesta lista estão dois covers realizados por portugueses: "Be My Baby" pela Aurea e "Yesterday" pela Simone de Oliveira. Ouça aqui.

MÚSICAS DE NATAL: Frank Sinatra - Let it Snow

Um grande nome, uma grande voz. Frank Sinatra não compunha, limitando-se a cantar, coisa que fez sempre com uma grande qualidade. A sua voz quente encaixa perfeitamente em tudo o que tiver a ver com o Natal. Aqui fica a prova:

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

NOTÍCIAS: Paul McCartney com Nirvana

Ora bem, foi um momento importante para a história da música e por isso não podia passar em branco no Post it! Music. O Beatle juntou-se aos restantes Nirvana para lhes dar voz. O concerto aconteceu no dia 12/12/12 em Nova Iorque e teve como objetivo angariar fundos para as vítimas do furacão Sandy.


Para além dos Nirvana, Rolling Stones, The Who, Bruce Springsteen e Eric Clapton são só alguns dos grandes nomes que passaram por este palco. Veja aqui um vídeo da atuação:

MÚSICAS DE NATAL: Diana Krall - Jingle Bells

Jingle Bells, como é conhecida atualmente. Música de 1857 escrita por James Ford Pierpoint, inicialmente tinha o nome de "One Horse Open Sleigh" e nem sequer era uma canção de Natal. Fica aqui a versão que Diana Krall interpretou.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

MÚSICAS DE NATAL: Mariah Carey - All I Want for Christmas is You

Para além de ter cantado está música com o Justin Bieber para o Natala de 2011, esta versão só da Mariah Carey apareceu para o Natal de 2009 e vale a pena ouvi-la pelo menos uma vez por ano.


Infelizmente não há nenhum vídeo desta música que permita a sua reprodução no blog, por isso ouça-a no youtube clicando no vídeo.

CONCERTOS: Rammstein 2013

A banda alemã volta a Portugal para o ano para mais um grande concerto. Depois de dois espectáculos no nosso país à volta do último álbum, os Rammstein voltam para mostrar o que já conhecemos, pelo menos do que se sabe até agora.

Data: 16 de Abril de 2013
Local: Pavilhão Atlântico em Lisboa
Preços: Entre 33 e 45€

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

MÚSICAS DE NATAL: John Lennon - Happy Xmas

Estamos em Dezembro, já bem perto do fim do ano e, principalmente, talvez do fim do mundo. Vamos aproveitar os últimos dias deste ano para fazer as pazes com quem estamos chateados, para pôr o orgulho de parte, para sermos felizes. Começa aqui no Post it! Music com uma série de músicas de Natal. 

Brevemente estará também disponível no 8tracks uma lista com múcias relativas a esta época.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

LANÇAMENTOS: Aurea - Soul Notes

Confesso que sempre que escrevo sobre a Aurea sinto um orgulho especial em ser português, e um grande conforto em poder partilhar com alguns dos leitores de outros países o que há de bom na nossa música, em particular ao público brasileiro, que é o número 1 deste blog.


Antes de Soul Notes, saiba mais sobre a cantora e sobre o seu primeiro projeto aqui, post do ano passado. Soul Notes é o nome do novo álbum e foi lançado a 26 de Novembro de 2012, apesar do primeiro single, "Scratch My Back", já andar pelo youtube há algumas semanas. São 13 faixas, 12 delas originais escritas pelo amigo e colega da Aurea, o Rui Ribeiro. Para além destas há também um cover da música "I think I'm in Love" dos Counting Planes, interpretada aqui numa versão familiar para a cantora.


"Don't you Dare to Touch her", "The Star", "Look at me Now", "If you're Good to Me", "Twice Upon a Time", enfim, podia estar aqui a escrever nomes de músicas até esgotar todo o álbum. Está sem grandes dúvidas um trabalho ao nível do que já nos habituámos, um disco de grande qualidade e originalidade, todo cantado em inglês. Há muito o costume de dizer que o melhor álbum de um artista é o primeiro, mas... Não querendo questionar a qualidade do trabalho desenvolvido até aqui, penso que este novo eleva a Aurea a novos padrões de qualidade, está de parabéns. A presença da Amy Winehouse como primeira inspiração está agora ainda mais presente.


Para além disto, penso que os portugueses podem aproveitar estes dias para ver a Aurea um pouco por todo o país nas diversas FNAC, uma espécie de mini tour para promoção de Soul Notes. Recorde-se também que a cantora atuou recentemente com o Adam Lambert em Xangai.

Sem dúvida que vale a pena comprar, eu já tenho o meu, adquirido dois dias antes do lançamento na FNAC do Chiado e assinado pela própria artista. Para além disto ainda tive direito a trocar dois dedos de conversa.

Ouça aqui o single e mais algumas músicas de Soul Notes:


Scratch My Back




Don't You Dare to Touch Her




If You're Good to Me

Florence + The Machine - Never Let Me Go

domingo, 9 de dezembro de 2012

Lista de Música POP e mais um pouco

Boas! Acabou finalmente o período de testes do tema dinâmico que pensei implementar no blog. Infelizmente, este novo tipo de tema ficou muito lento e mostrou-se muitoc incompatível com browsers que não o Google Chrome, em particular com o Opera Browser (que, ainda por cima, é o que uso no dia-a-dia). Voltamos portanto a um tema mais clássico mas que já se sabe que funciona bem. De qualquer forma houve uma grande mudança face ao estilo antigo e espero que a habituação seja simples.


O Post it! Music está de volta ao ativo e prepara-se para trazer novidades! Amanhã vou fazer um post sobre um novo álbum de uma cantora que tem vindo a crescer de dia para dia. E mais não digo. Para além disso a partir de segunda-feira vai sair uma grande série de post com músicas de Natal, algo que não é grande surpresa nesta época, mas que penso ser interessante.

Por agora deixo-vos com mais uma lista de músicas, uma lista POP com temas recentes e outros intemporais, dentro do género. Espero que gostem e podem ouvir a lista aqui.

Diana Krall - Cheek to cheek

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

| Músicas 007 | Skyfall |

 
Fizemos uma longa série de posts sobre as músicas da saga 007. Começámos em 1963 com "From Russia with Love" e terminámos em 2008 com "Quantum of Solace", foi uma série de 21 posts e reabrimos agora o tópico com "Skyfall", o novo filme.Vai ser lançado já no início de Novembro e, como sempre, a música respectiva não fica indiferente a ninguém.


Como já se suspeitava, a música foi composta e interpretada pela inglesa Adele e o single foi lançado a 5 de Outubro, aproveitando para comemorar os 50 anos da saga. Com o acompanhamento de mais de 70 músicos e num estilo epopeico, "Skyfall" tem recebido excelentes críticas.

Pessoalmente, esta é para mim uma das melhores músicas de sempre para um filme do género. Ouça aqui:

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

| Lançamentos | The XX - Coexist |

      
Hoje dedico este post ao novo álbum dos britânicos The XX. A banda formada em 2005 por 4 jovens lançou o seu primeiro disco em 2009, trabalho de nome homólogo muito elogiado.

Três anos depois chega a altura de um novo projeto, este num registo um pouco (mas mesmo só um pouco) mais maduro.


O grupo, atualmente composto por 3 dos 4 membros originais, está a conseguir superar o grande sucesso do trabalho de estreia e estão neste momento a liderar tabelas de vendas em vários países europeus, entre eles Portugal, onde conseguiram ultrapassar as vendas de Pablo Alborán.

1 - Angels
2 - Chained
3 - Fiction
4 - Try
5 - Reunion
6 - Sunset
7 - Missing
8 - Tides
9 - Unfold
10 - Swept Away
11 - Our Song
12 - Reconsider

Coexist é composto por 12 faixas originais, todas de curta duração (a rondar os 3 minutos) e tudo isto resulta em pouco mais de 40 minutos de música. Confesso que o primeiro álbum não foi fácil de entranhar. das primeiras vezes que o ouvi achei que nunca iria gostar dele, coisa que acabou por acontecer algumas semanas depois. Acredito (e espero) que agora aconteça o mesmo... Ainda só ouvi Coexist uma única vez, mas não fiquei impressionado. É uma clara continuação do trabalho anterior, com a desvantagem de não ter nenhum ritmo que fique na cabeça como em "XX".

A avaliação que cada um faz é algo muito subjetivo e por isso serve apenas como forma de exprimir uma opinião. Por isso o Post it! Music deu 3,5 pontos (em 5) a Coexist.

Ouça aqui algumas músicas (incluindo a "Angels", o grande sucesso do momento):

Angels


Fiction


Reunion

Seal - Kiss From A Rose (live)

domingo, 30 de setembro de 2012

Aurea - Scratch My Back

    
O novo single da portuguesa Aurea anda a dar que falar. "Scratch My Back" é o nome da música que apresenta o seu segundo álbum de originais, que chega às lojas no dia 26 de Novembro. Entretanto, apesar da música ter sido apresentada no dia 7 de Setembro, o videoclip só chegou ontem, dia 29. Trata-se de um trabalho divertido e que vale a pena ver.

domingo, 23 de setembro de 2012

| Lançamentos | Slash - Apocalyoptic Love |

   
Escrever sobre o novo álbum do Slash é um momento marcante na história deste blog. Este espaço foi inaugurado no dia 19 de Abril de 2010 e o primeiro post foi sobre o primeiro álbum deste músico. Não vamos perder tempo em grandes festejos e nostalgias, passando já ao que interessa.

Ao contrário do projeto anterior, que contava com várias participações de luxo (Ozzy Osbourne, Iggy Pop, Adam Levine, Chris Cornell, etc.), este conta com apenas um vocalista: Myles Kennedy. O músico norte-americano já tinha participado em "Slash" (nome do primeiro álbum) e parece ter ganho agora lugar cativo no estúdio do guitarrista. Pessoalmente, acho mais interessante a ideia de fazer um álbum com mais de dez vozes diferentes, adaptando cada música a cada músico, mantendo, no entanto, um certo estilo comum (por exemplo: Beautiful Dangerous e Doctor Alibi).


Apesar disto, a esmagadora maioria dos álbuns é cantado com uma só voz e portanto não faz sentido considerarmos isto como algo negativo. A verdade é que o próprio guitarrista diz que "Apocalyptic Love" se trata de um trabalho conjunto com Myles Kennedy (esteve até em cima da mesa a hipótese de dar um novo nome ao projeto).

Começou a ser gravado em meados de 2011 e chegou aos diversos mercados pouco menos de um ano depois. Vendeu 38 mil cópias nos EUA na semana de lançamento, valores bastante razoáveis. "You're a Lie" é o nome do primeiro single (e o maior sucesso).

São 13 faixas onde se encontram algumas semelhanças com as de "Slash", em particular quando comparadas com as músicas cantadas por Myles.

Os músicos trabalharam bem em conjunto, mas confesso que acho um álbum inteiro baseado nesta parceria um pouco exagerado, pois a meio do disco já se começa a sentir alguma falta de imaginação acompanhada da sensação de estarmos a ouvir sempre o mesmo.

Assim, não ficando atrás do seu antecessor, acaba por ser menos cativante, nem que seja por cortar de imediato o fator surpresa surpresa das parcerias que poderiam surgir.

Destacámos como as faixas mais interessantes "You're a Lie" e "Anastacia" e a média da avaliação de "Apocalyptic Love" realizada ficou pouco abaixo das 4 estrelas (em 5 possíveis). Ouça aqui algumas músicas e dê a sua opinião:

Apocalyptic Love


You're a Lie


Anastacia

Evanescence - Lost in Paradise (Live in Germany)

terça-feira, 10 de julho de 2012

| Passado e Presente | Aerosmith - Dream On

    
Hoje deixo-vos com um clássico dos Aerosmith lançado em 1973. Foi o primeiro single do primeiro álbum da banda e faz parte da lista The Rock and Roll Hall of Fame's 500 Songs that Shaped Rock and Roll.

Normalmente este tema do blog apresenta uma actuação da música quando esta foi lançada e outra recente. Desta vez vou pôr duas versões de estúdio: a original de 1973 e uma regravação feita pelos próprios em 2007 para o jogo Guitar Hero. Ouça aqui:

1973


2007

| Concertos | Jennifer Lopez

    
Pavilhão Atlântico, Lisboa
5 de Outubro de 2012
De 36 e 45€


Alannah Myles - Black Velvet

segunda-feira, 9 de julho de 2012

| Listas de Músicas | 9 - Clássicos da Música

     
Há músicas que nunca morrem porque marcaram uma determinada fase da nossa vida. Seja ela a adolescência, a velhice, uma relação, o alcançar de um objectivo ou o falhar do mesmo. Depois há outras músicas que marcaram o mundo, que jamais serão esquecidas, quer seja pela letra ou pela simples presença de grandes nomes na sua interpretação.


A lista de hoje representa isso mesmo, músicas que ficaram na história e que lá vão continuar, mesmo com os anos a passar. Algumas destas marcaram gerações antigas, modernas e certamente vão marcar as futuras. Não se esquecem.

Para uma lista assim ter o mínimo de credibilidade podemos contar com nomes como Frank Sinatra, Tina Turner, Sade ou Aretha Franklin. Espero que gostem.

A lista "Clássicos da Música" pode ser ouvida aqui.

Empire Of The Sun - Standing On The Shore

domingo, 8 de julho de 2012

| Concertos | Gotye

     
Campo Pequeno, Lisboa
17 de Novembro de 2012
21h - De 25 e 36€

| Baú! | Heróis do Mar - Só Gosto de Ti

    
Antes de mais deixem-me avisar que o "Baú!" não é dedicado exclusivamente à música portuguesa, mas realmente penso que agora no início vai ser mais comum, porque muitas parecem mesmo vindas de lá. Hoje trago um êxito dos Heróis do Mar, banda portuguesa que esteve no ativo de 1981 e 1990 e que lançou 6 álbuns neste espaço de tempo.

Um dos motivos para esta banda figurar neste tópico prende-se com o facto de nunca ter havido um fim marcado na sua história. Simplesmente caíram no esquecimento.

Esta música chama-se "Só Gosto de Ti" e pertence ao álbum "Rapto" lançado em 1984. Já foi regravada algumas vezes.

De quantas músicas gostamos num álbum?

   
Há alturas em que levo o ipod para todo lado, mas há outras em que o telemóvel acaba por cumprir o papel de leitor de mp3. Bom, o telemóvel só tem 8gb de memória e por isso quando passo músicas para lá tenho, inevitavelmente, de fazer escolhas e deixar algumas para trás. Ora, isto fez-me pensar numa coisa, dos álbuns que tenho há algum que passe na totalidade para o cartão de memória?


É interessante perceber que, mesmo quando falamos das nossas bandas favoritas, há sempre uma ou outra música em cada álbum menos inspirada e que acaba por ficar para trás em situações como a descrita no parágrafo anterior. Isto fez-me pensar que raramente podemos afirmar que gostamos das músicas todas de um determinado disco, por muito bom que este seja e por muito que gostemos da banda em questão.

Passando a exemplos práticos... Saint Germain. Em particular o álbum "Tourist", um trabalho que acho maravilhoso, no entanto quando o ouço passo invariavelmente a segunda faixa à frente. Como este há muitos outros e, normalmente, quando tenho um limite de espaço relativamente pequeno, dou por mim a escolher as músicas que gosto dentro de cada álbum. Com isto, e voltando à pergunta inicial, há ou não casos em que se possa gostar de tudo o que vem num único cd? Bom, eu penso que sim.

Conheço 5 álbuns onde gosto realmente de todas as músicas, apesar disso nenhum deles pertence a nenhuma das minhas bandas de eleição (apesar de gostar de todas as que vou referir). E aqui fica a minha lista:

- Ornatos Violeta: O Monstro precisa de Amigos
- Jamiroquai: Dynamite
- Evanescence: Fallen
- Maroon 5: Songs About Jane
- Jeff Beck: Emotion & Commotion

Confirmando agora as músicas que tenho no telemóvel, estes são os únicos exemplos onde "não há falhas na lista". Sinceramente, nunca tinha pensado ou sequer reparado nisto, mas a verdade é que se contam pelos dedos (de uma mão normalmente) os álbuns onde não há nenhuma música que nos agrade menos, excluindo, obviamente, Greatest Hits e afins.

Ornatos Violeta - Dia Mau (O Monstro precisa de Amigos)


Jamiroquai - Hot Tequila Brown (Dynamite)


Evanescence - Going Under (Fallen)


Maroon 5 - Harder to Breathe


Jeff Beck - Hammerhead (Emotion &; Commotion)

Lady Gaga - Hair

sábado, 7 de julho de 2012

| Biografias | Bruno Mars

 
Hoje vou falar um pouco da vida de um jovem artista que muito sucesso tem atingido nos últimos tempos. Bruno Mars, ou Peter Hernandez (nome real) nasceu a 8 de Outubro de 1985 e é um cantor norte-americano (com ascendência porto riquenha) que se tem destacado também como compositor, produtor e instrumentista.


Apresentou-se diversas vezes como cantor amador durante a sua infância e mais tarde decidiu mesmo instalar-se em Los Angeles com o objetivo de poder construir uma carreira na música. Assinou o seu primeiro contrato de sucesso em 2009 com a Atlantic Records e isso permitiu-lhe fazer participações em diversas músicas, de onde se pode destacar o êxito mundial "Billionaire".

Em 2010 chega então a vez de ser Bruno Mars a brilhar a solo com o álbum "Doo-Wops & Hooligans", trabalho que atingiu o terceiro lugar nas paradas norte-americanas e inglesas (já vendeu mais de um milhão de cópias). É impressionante como já se extraíram 5 singles deste projeto: O primeiro dá pelo nome de "Just The Way You Are" e é um dos maiores sucessos do cantor até agora, a par talvez com "The Lazy Song", terceiro single.

O cantor teve um início pouco fácil com um primeiro contrato assinado em 2004 com a (com os quais veio a trabalhar mais tarde).

Se tivermos de atribuir um estilo a Bruno Mars, penso que R&B é indiscutivelmente o mais adequado, apesar do rock e pop estarem claramente presentes nas suas músicas. O próprio identifica várias inspirações, das quais se destacam R. Kelly, Led Zeppelin, The Police, The Beatles ou mesmo Jack White e Alicia Keys. Para além das participações que realizou em músicas de outros artistas e do seu bem sucedido álbum a solo, penso que se destaca também o excelente cover realizado da música Valerie em homenagem a Amy Winehouse, interpretado por si ao vivo na cerimónia dos Grammys.

Em termos de premiações, o músico também já deu provas do que é capaz, tendo ganho um Grammy Award em 2011 para "Melhor Performance Pop Vocal Masculino" e tendo ficado com 6 nomeações.

Ouça aqui algumas músicas e atuações de Bruno Mars:

Billionaire



Just The Way You Are



The Lazy Song



Valerie

| Concertos | Blink-182


Pavilhão Atlântico, Lisboa
20 de Julho
20h - De 30 e 36€


Something Stupid - Frank Sinatra

sexta-feira, 6 de julho de 2012

| Listas de Músicas | 8 - Fim-de-semana Pop

   
Com o fim-de-semana a chegar, a vontade de ouvir música menos elaborada do ponto de vista musical tem-me acompanhado, talvez com a intenção de descansar a cabeça de muitos pensamentos. Não quero com isto dizer que sejam más músicas, simplesmente são trabalhos menos eruditos daquilo que se produz hoje em dia. 


Nesta lista pode encontrar Katy Perry, Rihanna, Lady Gaga ou mesmo clássicos da Pop como Cher, entre outros.

Ouça a lista aqui.

| Baú! | Entre Aspas - Criatura da Noite

   
Para além das novidades no layout e funcionamento do Post it! Music, vão também ser acrescentados alguns novos temas, um deles dá pelo nome de "Baú!" e vai servir para partilhar músicas que todos nós conhecemos e que marcaram um ano ou mesmo uma geração e que acabaram por cair no esquecimento.

Para dar início ao "Baú!" trago uma música portuguesa que causa nostalgia a qualquer um... Chama-se "Criatura da Noite" e pertence à banda "Entre Aspas". Data de 1993 e pertence ao primeiro álbum do grupo extinto em 2005.

Queen - Somebody To Love

quinta-feira, 5 de julho de 2012

| Músicas para a História | Like a Virgin

     
"Like a Virgin" representa a música pop por excelência, por isso este post tem um objetivo um pouco diferente do que costumo fazer nas "Músicas para a História". Aqui não vale a pena falarmos de covers, penso que se torna muito mais interessante explorar as várias formas como a música foi interpretada.


"Like a Virgin" data de 1984 e pertence ao primeiro álbum de Madonna (de nome homónimo), lançado pela Sire Records. Inicialmente pensou-se que a música não seria indicada para a cantora, sendo posta de parte a hipótese de vir a integrar o álbum, no entanto, com o passar do tempo, Madonna e a sua produtora chegaram à conclusão que o resultado até poderia ser interessante. Não podiam estar mais certos, quase 30 anos passaram e continua a ser um ícone na música pop e da carreira da cantora... Basta pensar que está a ser uma das mais elogiadas da recente MDNA Tour.

Esta sempre foi uma música coberta de polémica em três frentes, na letra, no videoclip e na forma como foi interpretada diversas vezes ao vivo. Tudo na letra tem uma interpretação sexual e uma mais inocente, mas associado a Madonna a canção acabou por ser interpretada na globalidade por esse lado mais "selvagem". O videoclip de Like a Virgin retrata a cantora numa gôndula a passear por Veneza com um vestido de noiva, mostrando a imagem de uma mulher sexualmente independente. Em termos de vendas, o single atingiu o número 1 nos mais variados países do mundo.

Pessoalmente, penso que o mais interessante a falar são as fantásticas performances realizadas pela Rainha da Pop ao longo destes 30 anos, destacando-se a primeira, vestida de noiva em cima de um bolo, a atuação de 1990 em que a música é interpretada em cima de uma cama de veludo simulando cenas de masturbação, a atuação em Confessions Tour, onde se mostra uma mulher mais adulta e, por fim, a versão de MDNA Tour cantada num tom mais grave e com pouco instrumental e electrónica.

Ouça aqui as várias versões apresentadas ao longo dos anos:

Videoclip



1984



1990



2006



2012



| Concertos | Skunk Anansie

    
Coliseu de Lisboa e Coliseu do Porto
6 e 7 de Novembro
21h - De 29 e 35€

Gorillaz - 19-2000

quarta-feira, 4 de julho de 2012

| Lançamentos | Train - California 37

   
"Train", "Drops of Jupiter", "My Private Nation", "For Me It's You", "Save Me, San Francisco" e, finalmente, "California 37". Este é o sexto álbum de originais da banda de rock da Califórnia desde a sua formação, em 1994. Quando pensamos em Train, a primeira música que nos vem à cabeça é "Hey, Soul Sister", mas fazendo uma passagem pela restante discografia é fácil perceber que este grupo de músicos tem mais trabalhos interessantes: California 37 é um deles, indiscutivelmente.


Começaram com 5 membros e atualmente restam 3, mas nem por isso se mostram menos inspirados artisticamente. Fica aqui a lista das faixas:

1 - This'll Be My Year
2 - Drive By
3 - Feels Good At First
4 - Bruises
5 - 50 Ways To Say Goodbye
6 - You Can Finally Meet My Mom
7 - Sing Together
8 - Mermaid
9 - California 37
10 - We Were Made For This
11 - When The Fog Rolls In
12 - To Be Loved

Achei o álbum interessante logo desde início (fiquei viciado na "Drive By", animado e com ritmo para depois abrandar com "Feels Good At First". Destaque para "Bruises" com a participação de Ashley Monroe num dueto que marca um dos pontos altos do disco. Gostei particularmente da música "Mermaid", ao passo que a faixa "California 37" (que dá o nome ao trabalho) parece ter sido incluída por acaso.

Em suma, são 12 boas músicas que formam um bom álbum de onde já se retiraram dois singles: "Drive By" e "Feels Good At First". Ouça aqui algumas músicas de California 37:

Drive By



Bruises



Mermaid

| Concertos | LMFAO

 
Centro Hípico de Vilamoura
7 de Agosto de 2012
22h30 - 32€

Sade - Never As Good As The First Time

terça-feira, 3 de julho de 2012

Jim Morrison - 41 anos depois


 
Faz hoje (3 de Julho) 41 anos que morreu aquele que é, na minha opinião, um dos maiores génios da música de sempre. Faz parte daquela famosa lista de personalidades falecidas aos 27 anos e destaca-se no meio de nomes como Janis Joplin e Jimi Hendrix.

Estamos a falar do mítico vocalista dos intemporais The Doors, banda dos anos 60 que infelizmente viu o seu futuro comprometido em 1971. Jim Morrison foi um cantor, compositor e poeta que sempre marcou a sua vida por atitudes pouco normais e mesmo excêntricas, posso dizer. Nasceu na Flórida (EUA) e morreu em Paris (França) de ataque cardíaco. Filho de funcionários da marinha com ideologias muito rigorosas e conservadoras, Jim nunca seguiu as pegadas dos pais e sempre marcou a diferença.

Uma curiosidade sobre este grande senhor, é que sempre encarou a banda que liderava como uma família, sempre trabalhou pela banda e apesar de inúmeras oportunidades de fazer uma brilhante carreira a solo ou com outros músicos de respeito, sempre preferiu trabalhar, gravar e atuar exclusivamente com os seus companheiros. É um nome que nunca será esquecido na música e que deixa a todos muitas saudades, mesmo após 41 anos. Que descanse em paz.


Leia mais aqui.

[ Lista de Músicas ] 7 - O que ando a ouvir

Como de vez em quando é necessário, estou a aproveitar agora que entrei de férias para fazer umas remodelações no blog. Uma das alterações vai ser acabar com as listas da semana e passar a fazer simplesmente listas de músicas, sem obrigações relativamente a estilos ou a prazos, simplesmente vou publicando listas a partilhar o que tenho ouvido nos últimos tempos.


Esta é a sétima lista que publico e conta com grandes nomes como A-Ha, Madonna, Aerosmith, Slash, The Stanglers ou mesmo judas Priest. Talvez seja uma lista pouco coerente quanto ao estilo, mas como cada vez encontro mais gente que ouve de tudo um pouco, penso que isso não será problema. Para além disso acho que todas as músicas escolhidas têm algo em comum... A qualidade.

Fica aqui o link para a lista: http://8tracks.com/mfpdoi/post-it-music-7

Entretanto vou aproveitar este post para anúnciar que o blog já completou dois anos de existência e que só mudou de visual uma vez... Isto significa que a próxima está para breve! para além disso vou também inserir novos temas e, essencialmente, o meu grande objectivo para este ano é tornar este espaço mais pessoal, menos formal e mais descontraído. Até breve.

terça-feira, 19 de junho de 2012

[ Música Portuguesa ] Capitão Fausto

Já lá vão mais de dois meses desde o meu último post no blog, e se for ver bem as coisas já vai mais tempo desde a última vez que me dediquei a sério. Como já costume com todos os estudantes universitários, é nesta altura de exames que a vontade de fazer seja o que for que não estudar é mais forte. Portanto aqui estou eu para vos dar a conhecer uma banda portuguesa que um amigo me mostrou há uns dias e que tenho ouvido bastante.


Capitão Fausto é o nome de uma pequena banda de rock suportada por uma pequena editora mas, na minha opinião, com muito espaço para crescer e se juntar à já vasta lista de boas bandas portuguesas que podemos ouvir por essa internet fora. Felizmente há muitas músicas deles no youtube, coisa que nem sempre é fácil encontrar (e relembro a minha frustração com Jim Dungo).

Bom, os membros da banda... São 5:

- Domingos Coimbra (baixo)
- Francisco Ferreira (teclas)
- Manuel Palha (guitarra)
- Salvador Seabra (bateria)
- Tomás Wallenstein (voz e guitarra)

A banda formou-se em 2009 e podem ouvir músicas da banda no Youtube ou no Myspace. Prometo também incluir duas músicas na próxima "Lista da Semana" aqui do Post it! Music. De qualquer forma ficam aqui algumas das músicas que mais gostei:

Febre





Supernada





Música Fria





Facebook: www.facebook.com/capitaofausto
Myspace: www.myspace.com/capitaofausto

domingo, 1 de abril de 2012

[ Lista da Semana ] 6 - 2 a 8 de Abril

Quem acompanha este blogue com alguma regularidade sabe que por vezes há longos períodos sem posts novos. Por vezes tenho vontade de me afastar do blogue durante uns tempos, mas dado que já lá vai quase um mês desde a última actividade, penso que está na altura de voltar ao activo.


Para isso nada melhor do que começar a semana com uma nova lista! Esta não tem nenhum tema específico, é apenas uma lista das músicas que eu tenho ouvido com mais frequência nos últimos tempos. Daqui posso destacar Madonna, Air traffic, Franz Ferdinand ou mesmo Jewel (artista country que descobri recentemente).

sexta-feira, 2 de março de 2012

[ Músicas para a História ] Sweet Child O' Mine

Bom, talvez seja um pouco precipitado incluir esta música na secção "Músicas para a História", mas a verdade é que a Sweet Child O' Mine marcou uma época no rock, marcou uma banda e ainda hoje continua a ser ouvida e regravada, para além de ser, muito provavelmente, a música mais famosa dos Guns N' Roses.


Sweet Child O' Mine pertece ao álbum de estreia da banda norte-americana "Appetite for Destruction" e foi lançada em 1987, esteve durante duas semanas em primeiro lugar na Billboard 100. Facilmente identificável pelo seu inicio de guitarra, mérito do ex-guitarrista da banda Slash, acompanhado de excelentes músicos, entre eles o já mítico Axl Rose, vocalista que se mantém até à actualidade.

A música refere-se à namorada do vocalista e ela chega mesmo a entrar no videoclip. Para além da versão "normal" foram também realizadas versões de rádio muito contestadas pelos cortes nos solos de guitarra característicos da música.

Falando agora dos covers, os principais são uma versão em Bossa Nova e uma versão em piano. Se é que podemos considerar como mais uma versão, esta música foi também interpretada pela Fergie durante a tour de promoção do álbum a solo de Slash em 2009 e 2010.

Ouça aqui a original e os covers:

Original




Covers:





LMFAO - Party Rock Anthem

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

[ Lista da Semana ] 5 - 27/2 a 4/3

Esta semana a lista vai para um grupo muito especial, um grupo de músicos que ficaram marcados no mítico "Clube dos 27" (leia mais aqui). Este grupo é formado por uma série de artistas que infelizmente partiram cedo demais e todos com a mesma idade.


Amy Winehouse, Jimi Hendrix ou The Doors são apenas alguns dos exemplos de músicos ou bandas que vai poder ouvir nesta lista.

Ouça aqui: http://8tracks.com/mfpdoi/post-it-music-semana5

A Cisma - Espelho Partido

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

[ Músicas para a História ] We Are the World

Ok, realmente não existem muitas versões desta música como é normal nas que entram nesta secção, no entanto, as que existem são muito especiais. São duas, a original e a regravada recentemente, cada uma com uma história, cada uma com um objectivo.



A We Are the World original foi composta em 1985 pelo rei da Pop Michael Jackson e por Lionel Richie e foi interpretada por aqueles que seriam dos maiores cantores da época (45 músicos). O seu objectivo foi muito claro, angariar fundos para o combate à fome em África, Michael Jackson, Tina Turner, Bob Dylan, Bruce Springsteen, Diana Ross, Stevie Wonder e Ray Charles (entre outros) juntaram-se para gravar uma música que, só nos Estados Unidos, vendeu mais de 7 milhões de cópias, um valor que ainda hoje é notável. A música foi produzida pelo maestro (e génio) Quincy Jones.


25 anos depois surgiu "We Are the World 25 for Haiti" e o objectivo mudou, mas a intenção de ajudar manteve-se inalterada. Os fundos arrecadados foram para ajudar as vítimas dos terramotos no Haiti, "aproveitando" também para celebrar os 25 anos da versão original, agora com artistas mais novos, mas igualmente em voga.


Só uma pequena curiosidade que deixa a pensar no que mudou em termos de qualidade nos artistas actuais. Quando a versão original foi gravada não se usou autotune, a época era outra e os cantores mostraram não necessitar de qualquer auxilio na gravação. No entanto, esta nova versão usa e abusa desta transformação em várias partes... Será que as vozes actuais não têm a qualidade das antigas, ou será apenas uma evolução dos tempos?

Boss AC - Sexta-feira (Emprego Bom Já)

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

[ Passado e Presente ] Adele

Claramente uma das cantoras mais faladas da actualidade, seja neste blog ou em qualquer site relacionado com música. O seu álbum mais famoso (21) foi apresentado há pouco mais de um ano e nesse espaço de tempo muito mudou na artista.

Emagreceu, começou a vestir-se melhor, mudou de visual, bateu records e até já teve de ser operada às cordas vocais, no entanto o talento permaneceu inalterado e isso vê-se bem nesta comparação de actuações. São ambas de 2011 mas achei que fazia sentido inseri-las neste tópico, tais foram as mudanças. 

Veja aqui os videos:

Antes



Depois



Resta-me só acrescentar que usei estes vídeos por estarem com boa qualidade, mas basta uma pequena pesquisa pelo youtube para ver que há vídeos mais antigos e mais recentes do que os postados onde a diferença á mais notória.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

[ Lista da Semana ] 4 - 20 a 26 Fevereiro

Mais uma semana, mais uma lista. Quando pensamos no Carnaval há um país que nos vem de imediato à cabeça, o Brasil. O espírito quente e festivo convida todos os apreciadores desta data a pesquisarem pelo que lá se passa. Achei, no entanto, que não se enquadrava fazer uma lista de músicas de Carnaval no blog, ainda assim há sempre espaço para partilhar alguns covers também eles com origem no Brasil, num estilo Bossa Nova.


Covers de Bob Marley, Maddona, Rolling Stones ou Guns'n'Roses, entre outros.

Pink Floyd - Wish You Were Here

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

[ Amadores ] Pedro Cardoso

Quero apresentar hoje mais um espaço aqui para o Post it! Music: "Amadores". A verdade é que há uma série de pessoas com talentos fantásticos mas que, infelizmente, não chegam ao estrelato (por vezes mais merecido do que o de grandes estrelas que por aí andam, mas isso é outra conversa).

Por isso de vez em quando vou postar uma música interpretada por uma dessas pessoas, seja ela cantada ou simplesmente tocada. Hoje vou começar por apresentar um rapaz que entrou nos ídolos já há uns anos em Portugal mas que acabou por ser eliminado antes de chegar as galas onde o público decide quem passa à frente. Chama-se Pedro Cardoso e depois da sua participação no concurso partilhou vários vídeos seus a cantar e a tocar uma série de músicas que todos nós conhecemos.

Ficam aqui os vídeos:




E até já escreveu músicas:


Como nota final, quero só acrescentar que acho que este tópico faz particular sentido numa altura em que a maior parte dos vídeos não podem ser reproduzidos por conterem direitos da VEVO. Assim, para além de ser uma boa alternativa a essas restrições, é também uma oportunidade para dar a conhecer grandes talentos.

Tribalistas - Já Sei Namorar

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

[ Notícias ] Adele nos Grammys

A cantora inglesa Adele continua a dar que falar, desta vez brilhou na cerimónia de entrega de premios Grammys. Trouxe 6 troféus consigo e mostrou porque tem batido tantos records de vendas. Adele ganhou os prémios de álbum, gravação, canção, vocal solo, pop vocal e videoclip.


Para além disto, a banda que mais brilhou nesta entrega de prémios foram os Foo Fighters, que voltaram para casa com 5 troféus.

Veja aqui a sua atuação na cerimónia:

[ Lista da Semana ] 3 - 13 a 19 Fevereiro

Para esta semana apresentamos mais uma lista, esta com grandes bandas de rock, podemos mesmo chamar-lhes lendas do rock. Destaque para The Rolling Stones, Aerosmith ou Scorpions. Podemos dizer que é, realmente, uma lista de luxo.


Ouça aqui a lista do 8tracks: http://8tracks.com/mfpdoi/post-it-music-semana3

Whitney Houston - I Wanna Dance With Somebody

domingo, 12 de fevereiro de 2012

[ Notícias ] Morreu Whitney Houston

A cantora norte-americana faleceu este sábado (dia 11 de Fevereiro de 2012) devido a causas ainda não conhecidas. A diva do R&B, Soul ou Gospel é a artista mais premiada de todos os tempos segundo o World Guiness Record com 415 prémios e preparava-se este ano para se realançar no cinema como atriz e como cantora, pois esperavam-se duas músicas para a banda sonora de um filme.


Recorde-se que a cantora que morreu aos 48 anos lutou durante algum tempo para se libertar das drogas, ainda que não se saiba se houve alguma relação com a morte. Que descanse em paz.

Amor Electro - A Máquina

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

[ Biografias ] The Dandy Warhols

Bom, hoje vou aproveitar para partilhar um pouco de uma das minhas bandas favoritas, The Dandy warhols, banda norte-americana formada em 1994 que em Portugal ficou muito famosa pela música Bohemian Like You (anúncios da Vodafone).

O primeiro nome da banda foi Andy Warhol’s Wet Dream (ainda que rapidamente tenha sido mudada para o nome actual) e tudo começou como uma brincadeira entre dois amigos, em que um deles (Pete Holmstrom) convenceu Courtney Taylor a participar na formação de uma pequena banda de bairro (neste pequeno mundo ganharam imensa fama muito rapidamente).


Apesar do sucesso em pequena escala que estavam a ter, o primeiro álbum lançado em 1995 teve uma projecção bastante modesta, acabando por não sair muito dos arredores de Portland (onde a banda se formou). Esta fraca projecção foi justificada com o difícil distanciamento de bandas como Velvet Underground, ainda assim nesse mesmo ano conseguiram fazer a sua primeira tourné por vários estados do país.

Em 1996 começaram a ser feitas as gravações do segundo álbum, aquele que seria o primeiro mais sério e definitivo da banda, mas infelizmente estas gravações nunca chegaram a ver a luz do dia (pelo menos de uma forma oficial).

Os Dandy Warhols foram prosseguindo o seu caminho e em 1997 lançam o bem sucedido “…The Dandy Warhols Come Down”, acompanhado de bons singles e de uma digressão mundial (dada a grande aceitação deste álbum na Europa).

O trabalho seguinte veio mudar muito a banda, especialmente pela saída pouco clara de Eric Hedfor (baterista), explicada por divergências com outros membros, o que não deixou de ser estranho, dada a nova dimensão que os músicos estavam a ganhar, especialmente no velho continente. Foi então que no ano 2000 chegou finalmente o tão aguardado “Thirteen Tales From Urban Bohemia”, álbum que veio revolucionar por completo tudo o que se conhecia deste grupo. A sonoridade mudou por completo, foi assim mostrado um trabalho muito mais maduro e pensado do que os anteriores, sendo ainda hoje considerado um dos melhores da banda, tendo na sua lista de faixas músicas como “Godless”, “Sleep”, “Get Off” e a inesquecível “Bohemian Like You”. Tudo parecia ser diferente a partir daqui, este álbum teve uma excelente aceitação quer da critica quer do público, elevou a banda para valores de vendas que nunca tinham conhecido e foi acompanhado de uma grande digressão que lhes deu o estatuto de uma das maiores bandas de rock alternativo do mundo.
Mais uma vez se começou a perceber que vinha aí uma grande mudança, “Welcome To The Monkey House” foi mais um álbum de estúdio e contou com uma produção de luxo, tendo como co-produtor Nick Rhodes (membro de Duran Duran). Uma mudança tão radical nunca é consensual, e foi realmente assim que aconteceu, foi um disco que fez fãs odiarem a banda e que ao mesmo tempo trouxe novos admiradores ao grupos, muitos acharam que era um esquecer das origens, outros consideraram este projecto como uma evolução arrojada do que tinha sido feito até à data. Este álbum foi acompanhado de uma enorme tourné que acabou com uma pausa na banda para descanso, ao fim ao cabo umas férias prolongadas que os artistas já tanto mereciam.

Entretanto, a banda já lanlçou mais dois álbuns, sendo o mais importante destes dois lançado em 2005 e deu pelo nome de “Odditorium Or Warhols Of Mars”, que dividiu ainda mais os fãs da banda. Agora havia quem considerasse este como uma evolução do anterior, estando ainda mais refinado, ao passo que para outros foi um arrastar do já mau anterior projecto.

Para finalizar, resta só acrescentar (e em tom de curiosidade) que o nome da banda é inspirado no artista pop Andy Warhol.

Ouça aqui algumas músicas deste grupo que marcou a sua geração e o rock alternativo de um ponto de vista geral:

Bohemian like you



We used to be friends



Shakin



Get off




Devido ao problema com as partilhas de músicas em blogues e outros espaços, os vídeos aqui presentes não podem ser reproduzidos directamente, sendo necessário o acesso ao próprio site Youtube.

Jorge Palma - A Gente Vai Continuar



Bom, como não consigo publicar quase nenhuma música no blogue, acho que é uma boa oportunidade de ir transformando estas músicas soltas em partilha de música portuguesa, dado que esta (alguma dela) ainda pode ser partilhada...

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

[ Lançamentos ] Lana Del Rey - Born to Die

Lana Del Rey (ou Elizabeth Grant) tem sido uma das artistas mais faladas da actualidade, trata-se de uma cantora norte-americana de 25 anos.

Ao contrário da maioria destes artigos que começam com “cantora vinda de uma família pobre”, Lana Del Rey é fiha de um milionário e não foi descoberta em nenhum bar por um empresário rico. Elizabeth Grant mudou-se para Londres em 2010 na tentativa de se lançar no mundo da música, tarefa que não foi facilitada pelas várias gravadoras que inicialmente recusaram o seu trabalho.


Lana Del Rey tem-se tornado conhecida por uma série de características que a tornam única, salientando-se a sua capacidade de transmitir um carácter nostálgico unico nos seus vídeos. Lançou o seu primeiro álbum mais sério em 2012, apesar de ter apresentado um pequeno projecto em 2010.

Video Games é o seu single mais famoso e tem chegado aos mais variados tops de vendas um pouco por todo o mundo. O Post it! Music já ouviu o álbum Born to Die e posso dizer que foi uma agradável surpresa, apesar de muito soft, é uma rajada de ar fresco, o que é cada vez mais raro.

A título de curiosidade resta só acrescentar que a cantora considera como influências Elvis Presley, Britney Spears, Nina Simone, Nirvana, Leonard Cohen e Bob Dylan. A origem do seu nome vem de uma fusão de duas personalidades que admira: Lana Turner e Ford Del Rey.

Ouça aqui algumas músicas:

Video Games



Born to Die



Diet Mountain Dew

Within Temptation - Angels

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

[ Lista da Semana ] 2 - 6 a 12 Fevereiro

Para esta semana decidimos escolher uma lista só de mulheres que marcaram de algum modo o mundo da música e que tocam na maioria das rádios nacionais e internacionais nos dias que correm. As artistas presentes na lista desta semana são:

Adele – A mulher que veio para ficar, que já estabeleceu novos padrões de vendas para a música actual. Com uma excelente voz e músicas sentidas, já conseguiu deixar a sua marca.

Amy Winehouse – Para muitos a melhor artista que surgiu neste século, um talento incrível, músicas muito próprias e uma vida de abusos fizeram com que esta cantora partisse cedo demais.


Aurea – A Aurea veio fazer o mesmo que as duas artistas anteriores mas numa pequena escala, numa escala nacional.

Caro Emerald – Tem o disco mais vendido do seu país de origem, a cantora holandesa tem um único álbum onde não há espaço para uma única música menos inspirada.

Diana Krall – Não há muito a dizer, é uma diva do jazz.

Florence + The Machine – A inglesa dos tops, muito elogiada no primeiro álbum, apresentou recentemente o segundo e esta é a música que mais tem tocado nas rádios.

Fica aqui o link para a lista do 8tracks: http://8tracks.com/mfpdoi/post-it-music-semana2